Cuidado! HACKER NÃO É CRACKER.

Cuidado! HACKER NÃO É CRACKER.

Cracker pode ser considerado um indivíduo criminoso, pois a ele se atribui a prática de atividade ilícita.

Já, o Hacker  se trata de uma nomenclatura genérica de indivíduo que normalmente comete  ilícito na área digital, no entanto hoje está conceituado como profissional do “bem”.

Corrupção

Corrupção, o Crime que atinge frontalmente a população brasileira, encontra-se positivado no seguinte dispositivo de lei:
Art. 317 – Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem:

Pena – reclusão, de 2 (dois) a 12 (doze) anos, e multa.
§ 1º – A pena é aumentada de um terço, se, em conseqüência da vantagem ou promessa, o funcionário retarda ou deixa de praticar qualquer ato de ofício ou o pratica infringindo dever funcional.
§ 2º – Se o funcionário pratica, deixa de praticar ou retarda ato de ofício, com infração de dever funcional, cedendo a pedido ou influência de outrem:

Pena – detenção, de três meses a um ano, ou multa.